Defensoria Pública arrecada livros para biblioteca do Centro de Custódia de Oiapoque; saiba como doar

Ação visa aumento do acervo da biblioteca Helber Henrique Roma.

Por Jeanne Maciel
22 Set de 2022, 5 meses atrás
Defensoria Pública arrecada livros para biblioteca do Centro de Custódia de Oiapoque; saiba como doar

 

Ler incentiva o crescimento pessoal e é capaz de mudar vidas, mas não se nasce sendo leitor. O interesse pela literatura é algo que deve ser desenvolvido e incentivado por todos. Pensando nisso, a Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP) ingressou na campanha de arrecadação de livros literários para o aumento do acervo da biblioteca Helber Henrique Roma, do Centro de Custódia de Oiapoque. 

Batizada com o nome de um agente do CCO conhecido por ser leitor assíduo, a biblioteca é um espaço libertador em muitos sentidos. Segundo o defensor público Guilherme Amaral, do Núcleo Regional de Oiapoque, a leitura é um fator ressocializador em si, mas também promove outros benefícios dentro do sistema penal. 

“Através da leitura, que é uma atividade de transformação do indivíduo, é possível a remissão de pena. Isso significa que, lendo obras e apresentando resumos sobre elas, o detento consegue diminuir dias de pena”, explicou Guilherme.  

A doação pode ser realizada na sede da Defensoria Pública do Amapá, localizada na Avenida Raimundo Alvares da Costa, 676, Centro, diretamente no protocolo. São aceitos livros literários de todos os gêneros.