Em duas horas Defensoria Pública consegue emissão de certidão de nascimento para mãe

Mulher precisava do documento com urgência, pois estava com viagem marcada para o mesmo dia. Ela reside fora do estado por questões de saúde.

Por Jeanne Maciel
23 Jun de 2022, 2 meses atrás
Em duas horas Defensoria Pública consegue emissão de certidão de nascimento para mãe

 

Duas horas foi tempo suficiente para que uma mãe conseguisse a certidão de nascimento do filho com o auxílio da Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP). Morando em Breves (PA) por questões de saúde, a mulher precisava que o documento do filho fosse emitido com urgência, pois estava com viagem marcada para o mesmo dia em que procurou atendimento. Com a celeridade da ação, ela voltou para casa com o documento em mãos.   

Segundo a defensora pública Júlia Lordelo, do Núcleo Cível de Macapá, a Declaração de Nascido Vivo da criança foi entregue em 2021, quando a assistida procurou a DPE-AP a primeira vez.  

“Ela voltou agora para que fizéssemos o pedido da certidão de nascimento. Acreditamos que em razão da pandemia ela teve dificuldades em conseguir o documento antes”, explicou. 

Conforme relatado por Júlia, a assistida chegou à Defensoria Pública às 10 horas da manhã no dia 13 de junho e já foi atendida. Na mesma oportunidade, a defensora pública conversou com o cartório e enviou o ofício. “Eles atenderam no mesmo dia e foi tudo expedido e entregue”, disse.   

“A Defensoria Pública também auxiliou a locomoção dessa mãe enviando um carro da instituição, porque ela estava com mala e a criança. Como não mora aqui, ela precisava pegar a balsa de volta para Breves às 13 horas”, contou.   

O cumprimento e comprovante de recebimento foi enviado pelo cartório no dia 14 de junho.