Ressocialização: jovens egressos do sistema prisional terão acesso ao Programa Amapá Jovem

Defensoria Pública prestigiou a assinatura de termo de cooperação entre TJAP, IAPEN e SEJUV

Por Jeanne Maciel
17 Dez de 2021, 5 meses atrás
Ressocialização: jovens egressos do sistema prisional terão acesso ao Programa Amapá Jovem

 

Na última segunda-feira, 13, a Defensoria Pública do Amapá (DPE-AP), por meio da defensora pública Mariana Santos, do Núcleo de Execução Penal de Macapá, testemunhou a assinatura do termo de cooperação entre o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN) e Secretaria Extraordinária de Juventude (SEJUV), que visa garantir o acesso de jovens egressos, familiares e pré-egressos do IAPEN aos benefícios do Programa Amapá Jovem.

Segundo a defensora pública Mariana Santos, a maioria da população prisional que está atualmente no IAPEN é composta por jovens com dificuldades de acesso à educação. “O termo de cooperação firmado entre Tribunal de Justiça, IAPEN e Secretaria Extraordinária da Juventude é uma iniciativa importante, que nos leva a mais uma vez repensar o papel do Poder Público diante do encarceramento em massa” pontuou a defensora pública.

O projeto pretende atender cerca de 160 beneficiários entre 18 a 29 anos, assim como seus familiares. “A partir desse projeto, o Programa Amapá Jovem também se estenderá aos jovens privados de liberdade” disse Mariana Santos.